Atendimento: [18] 3528-2130
Faça sua consulta ao Boa Vista SCPC
Para maior segurança, mantenha sua senha em sigilo, e em caso de mudança de operador solicite uma nova senha.

Sebrae e Caixa vão ampliar o acesso de pequenos negócios a crédito

O Sebrae e a Caixa assinaram no último dia 20 um convênio com objetivo de facilitar o acesso ao crédito das micro e pequenas empresas, bem como microempreendedores individuais (MEI). A parceria vai ampliar operações de crédito, com taxas mais baixas e prazo maior. Saiba como solicitar o empréstimo para sobreviver à crise do coronavírus.

Conheça a parceria

Uma das maiores dificuldades dos empreendedores é ter acesso a crédito para enfrentar os problemas causados pela pandemia do novo coronavírus. Desde o começo da crise, 60% dos donos de pequenos negócios tiveram o pedido de crédito negado nos bancos. A principal barreira são as garantias solicitadas pelas Instituições Financeiras para concessão do empréstimo.

Em busca de soluções para esse obstáculo, o Sebrae e a Caixa assinaram o acordo para facilitar o acesso dos empreendedores a financiamento de capital de giro: uma linha especial de R$ 12 bilhões disponibilizada pelo banco e garantida pelo Sebrae por meio do Fundo de Aval às Micro e Pequenas Empresas (Fampe), que atende às exigências das Instituições Financeiras para conceder operações de crédito.

Segundo o Presidente da CAIXA, Pedro Guimarães, a parceria com o Sebrae tem o objetivo de apoiar o setor que vem sofrendo com a pandemia. “A CAIXA, enquanto banco público, tem a missão de dedicar atenção especial a este cliente que gera tantos empregos no país. Através da parceria, o banco disponibilizará melhores condições de taxas, prazo e carência, de forma a atender a demanda por crédito desse setor tão importante para a economia”.

“A expectativa da CAIXA é injetar R$ 7,5 bilhões em linhas de crédito facilitado para o setor”, acrescentou.

Com o objetivo de fortalecer o fundo, nos próximos três meses, o Sebrae vai destinar 50% da sua arrecadação para permitir um aumento nas operações de crédito com tarifas mais baixas, maior prazo e melhor período de carência.

No caso da parceria com a Caixa, a Instituição divulgou os seguintes dados:

O Fampe tem aproximadamente R$ 470 milhões em recursos disponíveis e, agora, contará com mais R$ 500 milhões para benefício direto aos pequenos negócios, permitindo R$ 1 bilhão em garantias e alavancando empréstimos 12 vezes o valor de seu patrimônio.

A medida faz parte do conjunto de iniciativas que vem sendo implementado pelo Governo Federal e o Sebrae para reduzir o impacto provocado pela crise do coronavírus sobre os pequenos negócios no Brasil.

Como solicitar o crédito?

A nova linha é especial, já que conta com taxas e prazos diferenciados, tudo para você manter o seu negócio em pleno funcionamento. Ela está disponível para empreendimentos dos setores de indústria (inclusive agroindustriais), comércio e serviços, dos seguintes portes:

– Microempreendedores individuais (MEI);

– Microempresas;

– Empresas de pequeno porte.

Vale ressaltar que os empreendimentos de-vem ter pelo menos 12 meses de faturamen-to e não haver nenhuma restrição nem de CPF nem de CNPJ.

Primeiro passo

Quer ter acesso à linha de crédito? Antes de tudo, é necessário obter as orientações que o Sebrae preparou para auxiliar a sua decisão sobre a tomada de empréstimos.

Segundo passo

Para saber mais informações sobre as tarifas, o período de carência e os juros, vá até uma agência da Caixa ou solicite pelo site.

Se um dos maiores obstáculos para os pequenos negócios no acesso ao crédito é a exigência de garantias feita pelas Instituições Financeiras, o Fampe funciona como um salvo-conduto, permitindo a esses empreendimentos obter o empréstimo para capital de giro, tão necessário para atravessar a crise, manter os empregos e garantir a sobrevivência no mercado.

Além de entrar com recursos para alavancar o volume de operações de crédito, o grande diferencial do Fampe é que o Sebrae vai atuar com o crédito assistido. Assim, os donos de micro e pequenas empresas serão acompanhados ao longo de todas as fases da operação, através da oferta de capacitações e soluções adequadas às necessidades de cada empreendedor e ao estágio em que ele se encontra no processo do crédito.

 

O que é o Fampe?

O fundo concede aval financeiro complementar aos pequenos negócios. Quando um empreendimento não tem todas as garantias necessárias para conseguir um financiamento, é o Fampe que as complementa. O fundo está disponível para MEI, microempresas e empresas de pequeno porte.

Para mais informações, entre em contato com o posto do SEBRAE local, localizado no prédio da Secretaria Municipal de Indústria e Comércio ou pelo telefone 3529-1141.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Instagram @associacaocomercialoc

Seja um associado

Independente do porte e segmento da sua empresa, na ASSOCIAÇÃO certamente existe um benefício perfeito para você!

Dúvidas?
logo Boa Vista SCPC

DICAS DE SEGURANÇA COM SEU CÓDIGO E SENHA DE CONSULTAS AO BOA VISTA SCPC

*Nunca informe seu código e senha p/ ninguém, nem para pessoas que se identificarem como funcionários da ACEOC;

*Não anote seu código e senha em local visível ou de livre acesso;

*Informe seu código e senha apenas para funcionário (s) de confiança e que precisam utilizar os serviços do Boa Vista SCPC apenas para sua empresa;

*Após a saída de funcionário (s) que tinha acesso ao Código e senha solicite a mudança na ACE Osvaldo Cruz;

*Para maior segurança a empresa associada pode solicitar para gerar um código e senha individual para cada funcionário que utilize o sistema de consultas.

A Associação Comercial informa que não se responsabilizará pelo uso indevido deste código e senha ou uso por terceiros, a utilização do código e senha será de inteira responsabilidade da empresa associada.

Qualquer suspeita de vazamento de código e senha comunique imediatamente a ACEOC pelo fone: (18) 3528.2130.