Atendimento: [18] 3528-2130
Faça sua consulta ao Boa Vista SCPC
Para maior segurança, mantenha sua senha em sigilo, e em caso de mudança de operador solicite uma nova senha.

Coluna Especial – Multiplic

‘’Não são os mais fortes ou inteligentes que sobreviverão, mas os que conduzirem a mudança’’. – Leon C. Megginson

Sem dúvida vivemos um tempo de mudanças. Mudança de hábitos: de saúde, de comportamento social, familiar, do ir e vir, e também nos negócios.

Nos negócios foi tudo muito rápido. Ninguém nos deu tempo para nos prepararmos, e então mandaram fechar as portas. Muitos só foram perceber que não tinham planejamento e reservas financeiras quando a quarentena foi prorrogada pela segunda vez.

Mas deveríamos estar preparados? Deveríamos, e como “a desgraça da teoria é a prática”, não era o fato.

Me lembro de um ditado popular que diz “Se não se aprende por amor, aprende-se pela dor”.

Nosso ganha pão, num piscar de olhos, virou abóbora, no conto da princesa Cinderela. Nossa carruagem parou, e cortamos a própria pele para enfrentar as consequências do dia a dia.

Mas e daqui pra frente? O que fazer?

Se eu tivesse a receita teria um imenso prazer em compartilhar, mas sei que uma coisa é certa: temos que mudar, e da pior forma – “mudar pela dor”.

Líamos, ouvíamos e víamos surgirem empresas digitais fazendo disrupturas em vários setores: Uber, Buzer, AliBaba, Amazon, Airbnb, etc.

Vimos grandes magazines entrando em nossas casas, 24h por dia, vendendo virtualmente de uma agulha a um carro, e ainda entregando com uma rapidez impressionante.

Então dizíamos: “Isto vai demorar pra chegar aqui, porque o cliente gosta de tocar, sentir, cheirar, calçar, conversar e quer levar o produto na hora”. Mas e agora?? Até quem não se familiarizava com a internet está sendo obrigado a migrar para lá para receber, pagar, se comunicar com a família, fazer consulta, reunião, e tudo mais.

O trabalho foi pra casa. E muitos comerciantes, que ainda não tinham uma página lá na internet ou numa rede social, tiveram que correr para aprender e mostrar a cara. Mas como ser visto em um local que tem bilhões de páginas? Como o cliente vai me achar e como vou conquistá-lo? Como vou interagir, expor, vender, entregar, controlar estoque, ter preço competitivo, aceitar devolução, e muito mais?

É muito novo tudo isto, e não será um caminho fácil, mas uma coisa é certa: “não dá pra fazer as coisas sempre do mesmo jeito e esperar resultados diferentes”.

Primeiro entendo que temos que cuidar da saúde e da família, porque nossa mente está ficando doente, com tanta informação negativa e catastrófica. Infelizmente tudo tem um preço, e o corpo cobra.

Também temos que cuidar do nosso ganha pão, e de muitos que dependem de nós.

Ainda dedicar uma parte do nosso tempo para entender e estudar as mudanças. Na medida do possível, procurar pesquisar e ver pelo lado de novas oportunidades que surgirão. Menos política e mais especialistas.

Tem muita coisa boa e muitas pessoas bem intencionadas ajudando pela internet. Se unir com outros empresários, em associações para maximizar ideias e minimizar custos. E para não me alongar, procurar especialistas em redes sociais e se fazer presente ativamente lá.

As pessoas estão em casa e navegando. E que Deus nos proteja!

Por Júlio Peixoto

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Instagram @associacaocomercialoc

Seja um associado

Independente do porte e segmento da sua empresa, na ASSOCIAÇÃO certamente existe um benefício perfeito para você!

Dúvidas?
logo Boa Vista SCPC

DICAS DE SEGURANÇA COM SEU CÓDIGO E SENHA DE CONSULTAS AO BOA VISTA SCPC

*Nunca informe seu código e senha p/ ninguém, nem para pessoas que se identificarem como funcionários da ACEOC;

*Não anote seu código e senha em local visível ou de livre acesso;

*Informe seu código e senha apenas para funcionário (s) de confiança e que precisam utilizar os serviços do Boa Vista SCPC apenas para sua empresa;

*Após a saída de funcionário (s) que tinha acesso ao Código e senha solicite a mudança na ACE Osvaldo Cruz;

*Para maior segurança a empresa associada pode solicitar para gerar um código e senha individual para cada funcionário que utilize o sistema de consultas.

A Associação Comercial informa que não se responsabilizará pelo uso indevido deste código e senha ou uso por terceiros, a utilização do código e senha será de inteira responsabilidade da empresa associada.

Qualquer suspeita de vazamento de código e senha comunique imediatamente a ACEOC pelo fone: (18) 3528.2130.