Atendimento: [18] 3528-2130
Faça sua consulta ao SCPC
Para maior segurança, mantenha sua senha em sigilo, e em caso de mudança de operador solicite uma nova senha.

ESPECIAL – Será que estamos preparados para o eSocial ?

A poucos dias da implantação do sistema denominado eSocial para as empresas cujo faturamento sejam abaixo de 78 milhões ou seja (MEI, ME e EPP), a maioria dos empresários ainda desconhecem como funcionará esse sistema. Por meio desse sistema, os empregadores passarão a comunicar ao Governo, de forma unificada, as informações relativas aos trabalhadores, como vínculos, contribuições previdenciárias, folha de pagamento, comunicações de acidente de trabalho, aviso prévio, escriturações fiscais e informações sobre o FGTS.
A transmissão eletrônica desses dados simplificará a prestação das informações referentes às obrigações fiscais, previdenciárias e trabalhistas, de forma a reduzir a burocracia para as empresas. A prestação das informações ao eSocial substituirá o preenchimento e a entrega de formulários e declarações separados a cada ente.
A implantação do eSocial viabilizará garantia aos diretos previdenciários e trabalhistas, racionalizará e simplificará o cumprimento de obrigações, eliminará a redundância nas informações prestadas pelas pessoas físicas e jurídicas, e aprimorará a qualidade das informações das relações de trabalho, previdenciárias e tributárias.
O projeto eSocial é uma ação conjunta dos seguintes órgãos e entidades do governo federal: Secretaria da Receita Federal do Brasil – RFB, Caixa Econômica Federal, Instituto Nacional do Seguro Social – INSS e Ministério do Trabalho – MTb.
As informações coletadas através desse novo sistema de registro vão compor um banco de dados único, administrado pelo Governo Federal, que abrangerá mais de 40 milhões de trabalhadores e contará com a participação de mais de 8 milhões de empresas, além de 80 mil escritórios de contabilidade.
Na prática, as empresas terão que enviar periodicamente, em meio digital, as informações para a plataforma do eSocial. Todos esses dados, na verdade, já são registrados, atualmente, em algum meio, como papel e outras plataformas online. No entanto, com a entrada em operação do novo sistema, o caminho será único. Todos esses dados, obrigatoriamente, serão enviados ao Governo Federal, exclusivamente, por meio do eSocial Empresas.
O eSocial traz para o formato digital, informações que hoje ainda podem ser registradas em meios ultrapassados e até frágeis, como em livros de papel. Tais dados, que ainda hoje devem ser guardados por longo período de tempo, em até 30 anos, passarão a ser armazenados em um ambiente público, seguro e sem custos para as empresas. As 15 obrigações, fundamentais na relação trabalhista entre empregador e empregado, estarão sistematizadas num único banco de dados.
A rotina das empresas passará por uma grande transformação, visto que o e-Social vai unificar o envio dos dados referentes às relações de trabalho para o Governo Federal, o que demandará das empresas a integração total dessas informações. A partir daí, a inteligência do sistema adotado vai “agregar” valor a tais dados, visto que será capaz de relacionar as informações, detectar erros.
As empresas estarão sujeitas as penalidades previstas em lei caso não cumpram o prazo de envio dos arquivos.
“O contador, Renato Basso Torres, acredita que o eSocial mudará a postura de empregadores com relação ao planejamento e organização. “Cabe primeiramente a nós, intermediadores destas organizações e do eSocial, conscientizar as empresas de que sua rotina deverá mudar completamente e auxiliar nesta adaptação”, conclui.

 

Por RENATO BASSO TORRES

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Seja um associado

Independente do porte e segmento da sua empresa, na ASSOCIAÇÃO certamente existe um benefício perfeito para você!

logo-aceoc-boavista

DICAS DE SEGURANÇA COM SEU CODIGO E SENHA DE CONSULTAS AO SCPC

*Nunca informe seu código e senha p/ ninguém, nem para pessoas que se identificarem como funcionários da ACEOC;

*Não anote seu código e senha em local visível ou de livre acesso;

*Informe seu código e senha apenas para funcionário (s) de confiança e que precisam utilizar os serviços do SCPC apenas para sua empresa;

*Após a saída de funcionário (s) que tinha acesso ao Código e senha solicite a mudança na ACE Osvaldo Cruz;

*Para maior segurança a empresa associada pode solicitar para gerar um código e senha individual para cada funcionário que utilize o sistema de consultas.

A Associação Comercial informa que não se responsabilizará pelo uso indevido deste código e senha ou uso por terceiros, a utilização do código e senha será de inteira responsabilidade da empresa associada.

Qualquer suspeita de vazamento de código e senha comunique imediatamente a ACEOC pelo fone: (18) 3528.2130.